Pular para o conteúdo

Empreender dentro da empresa em que trabalha. E ai, será possível?

  É possível empreender dentro da empresa em que você trabalha? Perguntas como esta sempre ficaram na cabeça da maioria das pessoas que gostam de buscar o novo. E vale

Entrevista com o Empreendedor

 

É possível empreender dentro da empresa em que você trabalha? Perguntas como esta sempre ficaram na cabeça da maioria das pessoas que gostam de buscar o novo. E vale dizer que, nem sempre, fazer o novo ou buscar a inovação está ligado 100% a pessoas que buscam abrir seu próprio negócio ou criar Startups, por exemplo.

 

Será que existe uma forma de empreender sem ser empresário? Quero compartilhar um pouco a minha experiência empreendedora, que teve início há mais de 12 anos no meio corporativo, trabalhando em algumas multinacionais.

 

Há quase 7 anos, aos 24 anos de idade, entrei na Bosch, uma grande multinacional alemã com mais de um século de trajetória em seus 131 anos de história e com um total de 390 mil funcionários em todo o mundo.

 

No meu primeiro ano na empresa, comecei a perguntar como eu iria contribuir e ajudar a companhia e, claro, como eu poderia ganhar o meu espaço nela.

Várias perguntas e dúvidas surgiram na minha cabeça após iniciar na empresa. Exemplo: “Será que vou conseguir colocar minhas ideias em prática? ” -  “Ou será que simplesmente vou obedecer às ordens? ”.

 

Com as perguntas, eu consegui estruturar 5 principais passos que até hoje me ajudaram a buscar a cultura do empreendedorismo dentro da empresa. E gostaria de compartilha-los com vocês.

1.Fazer o que gosta

Primeiro passo: pode ser “clichê”, porem é a pura realidade. Fazer o que gosta! Ter bem claro qual o seu propósito e o que te desafia a acordar todos os dias e sempre querer entregar o seu melhor. Não é a empresa que faz você um empreendedor e sim, você que torna isso possível.

2.Entenda o Valor da empresa em que você trabalha

Segundo passo: entender que existe uma estrutura e que algumas diretrizes devem ser seguidas em concordância com os valores e o propósito da empresa na qual você está inserida. Ou seja, tenha sempre os valores da sua empresa claros e diretos com você.

Na Bosch, a cultura da Melhoria Continua é muito forte. Com o tempo, criei o hábito de sempre questionar os processos. E usar muito a frase: “Por que não?”

3.Abra espaço para desafios

Terceiro passo: Gostar de desafios e de problemas. Não importa o tamanho deles! Enquanto eu não consigo resolver um problema, minha cabeça não para de funcionar e sempre fica buscando alternativas para solucionar. Até chegar em uma resposta plausível, aplicável e simplista - é claro! E de preferência: barata para poder testá-la.

4.Estar preparado para a Negociação

Quarto passo: Planejar e organizar as ideias. Lembre-se de que para implementar algo, é necessário ter um plano de ação, informações sobre custos, riscos e benefícios. Estar preparado para a negociação com o seu chefe e, claro, vender a sua ideia.

5.Celebrar Conquistas

Quinto passo: Este é o último passo que me ajudou a empreender dentro da empresa onde trabalho.  Muitos projetos são longos e demorados, por isso celebrar as conquistas por etapas ajudam a valorizar os seus projetos e ideias. Sem contar que uma importante cultura do empreendedorismo é o compartilhamento de boas ações, gerando uma onda de cooperação e colaboração, para o surgimento de novas ideias e novos agentes de mudança dentro da empresa.

Bem, o que descobri e aprendi nesta primeira etapa é que a cultura do empreendedorismo dentro do mundo corporativo não é um desafio apenas para a empresa e sim, para os funcionários que ali estão. Em alguns momentos, temos medo de expor nossas ideias, porém se não falarmos e expormos, quem irá fazê-lo?

Nos próximos capítulos, vou contar um pouco de como o intraempreendedorismo está me ajudando a construir uma carreira. E como podemos ajudar e contribuir para o negócio da empresa.

 

 

Natália Gonçalves - Bosch

Empreendedora Corporativa

Conheça outros Empreendedores

  Empreender na área da saúde não é uma coisa fácil, afinal, estamos lidando com vidas e isso engloba um universo individual e delicado de cada paciente, e para entrar […]

Quase 9 anos de um trabalho reconhecido em uma bela empresa, uma das melhores para se trabalhar. Eu literalmente estava na minha zona de conforto, com alto grau de conhecimento […]

  É possível empreender dentro da empresa em que você trabalha? Perguntas como esta sempre ficaram na cabeça da maioria das pessoas que gostam de buscar o novo. E vale […]